Welcome* Bem-Vindo * Kirzeer * Benvenuto * Bienvenue * Willkommen * Välkomnande * Nрием * 歓迎 * Selam * 欢 * Witajcie *

1 de nov de 2009

Um mundo inabitável

Sabe o que é uma merda?

Você está no seu mundo vivendo numa boa... Tem seus planos de carreira, de viajar o mundo todo... Toda uma vida e um futuro organizados. E você está feliz e satisfeita consigo mesma. As tempestades já passaram e disso aprendeu muito, descobriu e se tornou quem realmente é, bla bla bla...
Tá, aí, do nada, acontece uma invasão no seu território. O reino dos seus pensamentos sucumbe. Suas emoções entram em rebelião. Porque um intruso, do nada, sem mais nem menos, simplesmente resolveu visitar o seu mundo. E assim, nem pediu permissão, sabe?
Mas ok, ele não é mal educado, é um fofo, então, você até libera a entrada dele e deixa ele passear por aí.
Acontece que ele gostou muitos dos seus pontos turísticos que mais chama a atenção, entende e até coisas que ninguém perceb. E ele decide se hospedar por um tempo, digamos, indeterminado. E tá, como anfitriã, você dá uma de simpática e tal.
E aí... ele faz uma coisa, alguma coisa, que o diferencia da multidão sem face, banal e ridícula que atravessa fantasmagoricamente todas as suas ruas e alamedas. E você, distraída, meio lesada, começa a prestar mais atenção.

E o identifica, você finalmente vê quem ele é, quem ele é no seu mundo, porque ele pode ser um pedaço dele e até ajudar a reformar aquela praça ou alargar avenidas.
E vocês começam a construir pontes. Porém quando está quase no final da obra, ele abandona. É, bem no meio, faltando centímetros. E uma distância que não existia começa a crescer cada vez mais. E por mais que você se esforce, invista mais na qualidade do material da obra, a ponte vai desmoronando... e não vai alcançar pegar o nada que te cerca, vai cair, despensar na realidade. A Realidade que expulsou há séculos do seu reinado e verdades contaminadas que não existem no seu inverso começam devorar suas ideias, seus desejos, sonhos, planos. Começam a destruir tudo o que você imaginou, todas as suas crenças, príncipios.

E dores que te enfraquecem e cicatrizes que sangram, te mergulham de volta àqueles mumúrios do passado que a fizeram construir um mundo do pó, um mundo sem planta, sem planos, desorganizado, sem disciplina, sem futuro, vazio.
E se você construiu apenas com ferramentas das sua imaginação e reformou das cinzas uma vez, suas estruturas podem não ser totalmente inabaláveis, mas desaparecer, elas não vão.

E a merda começa nisso. Quantas vezes vamos permitir a entrada de estranhos estrangeiros em nosso mundo? Que o bagunçam e não ficam para ajudar a arrumar? Até quando vamos suportar viver reconstruindo-o?

Com o tempo ele vai se transformar numa gaiola, numa prisão, vamos construir muros e grades. Não vamos conseguir nem querer sair, não vamos conseguir entrar nem nos abrir para outros universos e colocar pontes definitivas... Nunca vamos sair do lugar e daí nosso mundo vai se desmanchar, desalinhar... E vai parecer que ele nunca existiu, porque nós nunca realmente habitamos a vida.

25 de out de 2009

Meu sistema límbico

Devo ter passado tanto, mas tanto rímel e ainda não tirei direito com demaquilante, que sei lá, entupi minhas glândulas lacrimais ( Tipo, isso existe?).




Sinto uma vontade ENORME de chorar às vezes. De explodir.

E não cai UMA gota de lágrima. Será que eu não tenho mais um bom motivo para chorar? Será que aquela Érica hipersensível morreu para sempre? Que eu não sou mais humana? Porque é isso que eu sinto. Sou uma humanóide agora. Perdi a minha capacidade, a capacidade que eu acho mais humana de todas, chorar. Chorar é alívio, desabafo, é autoconhecimento. É emoção. A emoção saindo de dentro de você e percorrendo mundos além do seu.

Minhas emoções estão perdidas entre vários universos dentro de mim... mas que não me pertecem. Pelo menos alguns não mais. Eu era apenas uma visitante.



Estou posando de durona, de mui macho. Mas eu quero chorar que nem uma menininha que acabou de quebrar a cabeça da Barbie nova dela que custou 89 reais e ela ficou implorando pros pais comprarem por dois anos. Eu quero chorar desesperadamente, soluçar. Porque quando eu faço isso eu limpo todas as coisas ruins que to pensando e sentindo, eu me purifico de tudo, de mim mesma e desse mundo banal, podre e ridículo que estou presa com outros humanos e pseudo-humanos.



Eu penso tanto, tanto, e não paro NUNCA de pensar. E gritar, fazer terapia, spa, boxe, reiki, comer um quilo de chocolate não adianta. Eles, meus pensamentos, minhas ideias, minhas preocupações, minhas ilusões, minhas alucinações, minhas invenções vem todas ao mesmo tempo, transversal, vertical, horizontalmente. Colorido e branco e preto. Cafona e glamouroso, extremista e sereno. Imagina a praça de alimentação mais LOTADA que você conhece, multiplica por cinco: é assim que eu penso. Só que todas aquelas vozes falando ao mesmo tempo, se tornam uma coisa só, um uníssono, mas não, eu escuto cada fucking palavra detalhadamente. E por causa disso eu tenho dores de cabeça assassinas, ouço até meu sangue pulsar na minha testa, e só quero morrer... porque eu quero parar de pensar.



Se eu ficasse vazia, nua na minha mente, por um momento infimo, eu me sentiria MUITO melhor. Mas eu sinto a brisa, eu dou um suspiro e já me vem uma ideia de uma nova cena do meu livro, uma pauta jornalítica, uma preocupação política, uma distração e daí por diante. Tudo despejado ao mesmo tempo, vomitado no meu cérebro.



Ui, tá, legal ter mil inspirações e escrever nove livros, ao mesmo tempo, Érica. É, sim, não termino nenhum, porque tenho uma ideia neste, mas depois fico com bloqueio, e me inspiro no outro e bla bla bla.

E fica nisso, flutuando tudo na minha mente, fica tudo se realizando na minha imaginação: o término do meu livro, a publicação, a sessão de autógrafos, bla bla bla. E fica aí nisso, parado, estagnado. O surreal é irreal.



E aí, parece que vivo em mundos paralelos, num outro universo. É verdade.

Mas não que vivo. Eu não vivo. Não me sinto viva. Me sinto mais do que uma humanóide que não sabe mais chorar. Me sinto uma morta. Um fantasma vagando no que eu poderia fazer, no que eu poderia dizer, quem eu poderia amar, o que eu poderia ser.



E fico só pensando, cogitando no além. Não ajo. Não, não vivo. Só penso e não tenho emoções. Não amo, não digo, não faço, não sou.

Não estou presente e nem faço parte da realidade. E a minha realidade é inexistente.

Eu sou inexistente. E por isso não consigo chorar.

16 de out de 2009

Amor é o fim



Não é a toa que Keane é a minha banda preferida, encontro a essência de minhas verdades absolutas neles. Têm razão em parte com a música Love is the end. Amor é o fim, o fim de tudo. É feliz para sempre. Achamos que o amor é o fim porque na verdade é o começo da vida. Quando vamos alcançar a plenitude, essa que passamos tanto tempo procurando em lugares improváveis, que buscamos em cada segundo, e que depois de tantas dores, de tanto sofrer, finalmente conseguimos, conquistamos, vencemos, ganhamos. Chega o fim, o amor. Mas do outro lado, não, o amor não é o fim. Não há amor do outro lado, há luto. Suicidamos-nos porque desistimos centenas de vezes e morremos por dentro milhares de vezes ao não sorrir mais, ao não amar mais. Escondemos-nos em uma escuridão invisível. Quando terminamos um namoro, voltamos à realidade e temos medo de recomeçar outra relação, de se machucar de novo. O recomeço é mais doloroso do que a inércia. Vamos ficar no escuro até o fim real. Vamos afundar sozinhos, não teremos nada além de nossa pele. No fim, vamos ver que eram apenas quebra cabeças, seria complicado, mas divertido e gratificante, valeria a pena. Mas já estamos no fim do lado real.
O amor foi um beijo mortal.



E nós nos deixamos morrer.

15 de out de 2009

A natureza somos nós

Hoje acontece o movimento Blog Action Day. Blogueiros do mundo todo vão escrever e discutir sobre mudanças climáticas. O Brasil tinha até ontem 200 blogs inscritos.


Até agora todos sabem dos problemas que o meio ambiente está sofrendo, mas ninguém ainda tomou consciência plena de que é extremamente grave. O ar que respiramos para sobreviver está nos matando.

O impacto do aquecimento da Terra não são apenas as intensidade e a destruição das chuvas, as temperaturas mais elevadas, o derretimento das calotas polares. Segundo o site Mudanças Climáticas, "conclusões indicam que, dentro de um índice de confiabilidade de 95%, o clima de nosso planeta já está efetivamente sendo alterado. O aumento médio da temperatura global foi de 0,76 grau centígrado, mas em algumas regiões essa elevação foi muito maior". Por consequências, várias espécies de animais estão entrando em extinção. Perdas de ecossistemas e biodiversidades podem se transformar numa realidade catastrófica. Além do mais, a saúde humana está comprometida devido a poluição atmosférica, ao aumento da seca e a baixa produtividade da agricultura e de energia hidroelétrica.

O homem consegue sobreviver às mudanças climáticas, mas do que adianta se as suas fontes vitais não resistirem?

O Brasil é um país cheio de contradição. De um lado da calçada vemos as pessoas lavando-as e disperdiçando água, do outro são criadas medidas em favor da natureza.
Na última terça-feira, a Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou a Política Estadual de Mudanças Climáticas, que reduz em 20% as emissões de gás carbônico até 2020.

É isso que deve acontecer. Soluções e atitudes das autoridades e também da população que vão beneficiar a todos.
Só realmente tomaremos uma atitude sobre os risco que o planeta corre, quando percebermos que nós fazemos parte da natureza.

Para se inscrever no Blog Action Day, acesse http://www.blogactionday.org/

12 de out de 2009

Para relembrar sua infância


Você não fazia ideia de como era feito Glub Glub?

Você adorava a Priscila da TV Colosso e tinha o cd da trilha sonora?



Você também não sabia que os pais do Nino tinham ido viajar pro espaço?



Tin Tin era muiiito melhor que 007?





Você aprendeu um monte de coisas
que lembra até hoje no Mundo de Beakman?



Você sempre quis um gravador igualzinho do Lucas Silva e Silva?



Você queria ser uma chiquitita e sabia as coreografias?



Você queria que a Bela do Caça Talentos beijasse o Artur Carneiro, mas que não perdesse seus poderes? 



 Você tinha medo da Porta dos Desesperados do Sergio Malandro?




Você sente falta da sua infância e acha que aquela época foi a melhor do mundo? Que a de hoje é banalizada e tosca? 


Em Ericanopolis você nunca deixa de ser criança.

10 de out de 2009

Homens Hetéros


Você tem uma tendência a atrair homens gays e daí não sabem como os homens funcionam?



Eles são simples. As mulheres que gostam de complicar e alucinar, sabe? Dar mil e um significados a uma palavra, interpretar gestos ocultos e misteriosos... Quer dar uma de simbolista meio Robert Langdon. Decifrar a mente masculina que nem Freud explica.
Tá. Eles são estranhos, isso é um fato.
Mas na maioria das vezes, colegas, as coisas são exatamente o que são, como já dizia Alberto Caeiro.
Sério, os homens são tão óbvios em determinados momentos que vira uma coisa complexa.
Eles pensam só com um lado do cérebro, é verdade e cientificamente provado.

Então, para eles, tudo é objetivo e tem que ser simples. Por isso que eles não reparam em muitos detalhes. Ok, só os gays. Mas o cérebro deles normalmente é pelo menos 75% feminino.
Mulheres têm visão periférica mais ampla, homens têm visão tipo túnel.
A mulher é 3% mais inteligente, embora possua cerca de 3 bilhões de neurônios a menos. A gagueira é um problema quase exclusivamente masculino e há sete meninos para duas meninas nas classes de recuperação da alfabetização. 90% das mulheres têm limitada capacidade de orientação espacial.
O homem utiliza principalmente o lado esquerdo para falar, enquanto a mulher usa os dois. O cérebro feminino tem o corpo caloso mais denso e com mais 30% de conexões que o masculino.

Eles, os gays, ficam bravos com você quando vc corta 2 dedos do seu cabelo ou quando trocou a marca do rímel de Givenchy pra Avon.

Agora os homens héteros, não percebem que seus cílios estão mais volumosos e alongados. Eles sabem que tem alguma coisa de diferente. Já mostrou um curvex para um homem? Eles acham que é um aparelho de tortura. xD




Recebi um e-mail dizendo as seguintes frases:

Os homens que nos acham bonitas, que são heterossexuais, bons e têm dinheiro, são covardes.

Já pensou que o coitado pode ser absurdamente tímido e inseguro? Ter um trauma de infância e por isso ele é assim?
Chamar homem de covarde é prepotência de mulher. Tá se achando.
E pq vc não chegou nele? Duh?
É pela tradição cultural? Toma uma atitude, garota.

Os homens que não são bonitos, mas que são bons e com dinheiro, pensam que só estamos atrás de seu dinheiro.

Vai ver é verdade. Daí é a sua capacidade que vai provar o contrário. Se ele pensa assim, ama mais o dinheiro dele do que você.
Por isso é bom ser rica, fica a dica. hahahaa.

Os homens que são bonitos, bons, têm dinheiro e graças a Deus são heterossexuais, são tímidos e NUNCA DÃO O PRIMEIRO PASSO!

Nunca? Mentira. Não significa que homem tímido não é tarado, amiga.
hahahaha. 
Se ele gosta, vai demonstrar de alguma forma, mesmo que sutil ou inconsciente.
Vai ver vc dá umas cortadas no cara ou é uma chata mesmo. brinks.

Os homens bonitos e bons são gays.

Os homens bonitos, bons e heterossexuais estão casados.

FATO! Se bem que tem os bonitos e heteros que são metidos e babacas, ou são maníacos sexuais e curtem poligamia, forró e coisas bizarras. Tem os bonitos e burros e insuportáveis. Mas relaxa, ALGUM no planeta vai servir para você. Quem sabe se vc se mudar pra Noruega ou Suécia?

Os homens que não são bonitos, mas são bons, não têm dinheiro.

Malaaaaaaaandra. Sua capitalista nojenta, fica aí encalhada então.

Os homens bons são feios.

Sua superficial. E depois vc quer que te achem bonita?

Os homens que nunca dão o primeiro passo, automaticamente perdem o interesse em nós quando tomamos a iniciativa.

Tá, essa eu até que concordo, se aplica na realidade. Mas também, que iniciativa vc tomou? Vc assustou o cara. Discrição é tudo.

Uma frase boa que não tinha no e-mail:

Metade dos homens só pensam em sexo, a outra só faz sexo.

É uma necessidade masculina. O centro do sexo fica no hipotálamo, que é maior no homem que na mulher, homossexuais e transexuais. 37% dos homens pensam em sexo a cada 30 minutos. Só 11% das mulheres apresentam a mesma frequência. (Leia-se as ninfomaníacas. Inventei hahah)
Ou seja, da mesma forma que vc PRECISA comprar aquele vestido lindo da Dior, comer chocolate e assistir Grey's Anatomy, eles precisam dar. É a única forma de entretenimento que eles conhecem tirando o video game.
Homens e mulheres são humanos e têm necessidades, mas são apenas diferentes.
Só que iguais, entende? HAHAHA.

Só o entendimento das diferenças entre homens e mulheres vai nos permitir começar a desenvolver nossa força coletiva - em lugar das fraquezas individuais. Centenas de milhares de anos de vivência dos papéis tradicionais deram aos homens e mulheres uma estrutura cerebral que é a causa de muitos desentendimentos.

MULHERES guardam detalhes de um encontro
HOMENS não se lembram de quase nada
MULHERES percebem logo se alguém está triste
HOMENS não captam a tristeza facilmente
MULHERES têm olfato muito apurado
HOMENS não distinguem aromas tão bem ( por isso o seu irmão faz campeonato de pum)
MULHERES enxergam problemas onde não existem ( Elas tem tipo esclerose múltipla, por isso sua mãe surta com vc e te culpa mesmo qdo vc tava dormindo... dessa vez)
HOMENS ficam menos aflitos e ansiosos ( Já viu homem histérico, tirando o seu pai quando te dá bronca? Ou homem gay quando a Zara tá em promoção?)

O homem evoluiu com as responsabilidades de guerrear, proteger e resolver problemas. A orientação de seu cérebro e o condicionamento social o impedem de demonstrar medo ou dúvida. Precisava ser capaz de ter o máximo possível de orgasmos no mais curto espaço de tempo antes que fosse atacado por predadores ou inimigos.


As mulheres precisavam da aptidão para percorrer pequenas distâncias, visão periférica mais ampla para monitorar o ambiente em volta, habilidade de fazer várias coisas ao mesmo tempo e boa capacidade de comunicação.

Possuem habilidades sensoriais muito mais aguçadas. Notam detalhes e alterações mínimas na aparência e no comportamento dos outros.

Por isso elas são más e percebem TUDO ao seu redor, enquanto para os homens resta ser bocó.

O homem tem mais de 10 vezes mais testosterona que a mulher. No organismo masculino ela vem em ondas, de cinco a sete vezes por dia. Daí que consegue fazer sexo a qualquer hora e em qualquer lugar. O homem de voz grave tem mais do dobro de ejaculações que o tenor. 74% dos meninos usam a agressão para resolver um problema. 78% das meninas se afastam ou negociam. (Senti que não faço parte desse 78% já que tenho um saco de boxe)

E a última, para dar uma dica as desesperadas:
Homens só aceitam mais proximidade quando o compartimento de seu cérebro onde fica a comunicação se abre - depois de muitas doses de bebida. Durante a ereção a concentração é tanta, que ficam praticamente surdos.

HAHAHAHA. Pronto, taí a solução, pega seu homem tímido-sem-iniciativa-covarde e deixa ele bêbado, gata perigosa. hahaha.


Mas se nem aí der certo, não adianta ser perfeita, não importa se vc é linda ou feia, inteligente ou não, simpática ou não. Ele simplesmente não tá afim... mesmo que vc insistir, fazer macumbinha, simpatia, promessa, ou sei lá, oferecer sexo selvagem gratuito e diário. Apenas desencane. Homens héteros são estranhos.

E as mulheres então... Corra, principalmente quando estão na TPM. Existe um artigo na lei 27444564 (inventei) que impune elas durante esse período de assassinato.

6 de out de 2009

Você é feia? Não desanime.

Sempre faço posts sobre os homens mais perfeitos do planeta e aí vc fica desanimada, mesmo que eu já tenho provado que a maioria é gay ou casada?

Fica achando que é feia, encalhada, gorda, burra, idiota, babaca, que não tem nada pra oferecer pro mundo de diferente? Que os homens vão preferir sempre as loiras siliconadas que não depilam embaixo do braço e não sabem onde fica a China?

Bom, taí outro tabu que eu vou quebrar. Os homens amam mulheres feias, barangas mesmo, com celulite, varizes e sei lá mais o que... ah, tá, a conta bancária delas, fica a dica.

O amor é cego, gente.



Se liga nesse clima romântico da Elza Soares com o bofe dela que tem idade pra ser bisneto dela. Super fofo, né? Ele já chegou na idade que largou o peito e consegue comer papinha.

Gente, Elza Soares é super sensual e estilosa. Aprenda com ela.




Madonna é diva. Mesmo com o botox fora da validade e o cabelo desidratado, ela pegou o Jesus Luz, amiga. E vc aí, horas na chapinha, passando renew e fazendo peeling. Ser bonita tá fora de moda. Acorda do jeito que vc é e vai assim para a balada, vai passar o rodo, vai pegar mais que seus amigos gays. xD Inventei.







Outras que são feias, mas poderosas e infinitas:

Donatella Versace,                
Rita Cadillac, Adriane Galisteu





Então, amiga, não desanima não. Se tem cara loucamente apaixonado por essas COISAS, isso prova que aparência não é tudo, que você tem também chance de arrumar um bofe e casar. Você só precisa sensualizar e glamourizar. Seja você mesma, vá trabalhar, crie sua fortuna, seja rica e independente.

Torne-se quem você tem que ser.

¬¬'
Parem, mulheres, de acharem que os homens reparam em todos os seus detalhes. Eles têm que reparar você e o seu jeito na multidão sem face, banal e ridícula que caminha fantasmagoricamente por aí.

25 de set de 2009

Lei Maria da Penha

Um marco na luta contra a violência às mulheres
Recorrências aumentam, mas agressões ainda persistem


A SPM (Secretaria de Políticas Especiais para as Mulheres) apresentou um relatório revelando um aumento, entre de janeiro a junho, de 32,36% de mulheres que recorrem à Lei Maria da Penha. A Lei nº 11.340 que completou três anos na última sexta-feira do dia 7, leva o nome da farmacêutica cearence, Maria da Penha Maia Fernandes. Em 1986, ela foi vítima de duas tentativas de homicídio executadas pelo próprio marido. Ficou paraplégica devido a um tiro de espingarda que levou a sangue frio nas costas.

Quando retornou do hospital a sua casa, o marido ainda tentou eletrocutá-la durante seu banho.
Desde então, Maria da Penha luta contra a agressão às mulheres numa guerra que parece não ter fim. Para Maria da Penha, a justiça chegou em 2001 quando o ex-marido, o colombiano Marco Antônio Heredia foi condenado a 10 anos de prisão. Porém, cumpriu apenas um terço da pena.

No Brasil todo, todos os dias e a todos os momentos, mulheres são agredidas pelos próprios companheiros. A violência é tão aguda que é possível calcular que a cada 15 segundos uma mulher é agredida.

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), a porcentagem de mulheres vítimas de assassinato pelos parceiros chega a 70%.

O problema de violência doméstica sempre existiu, mas o assunto começou vir a tona e discutido recentemente graças a Lei Maria da Penha que virou símbolo de proteção às mulheres.
O Brasil tornou-se o 18º país da América Latina que conta com uma lei específica para os casos de violência doméstica e familiar contra a mulher. O Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, sancionou a Lei de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher e aumentou de um para três anos o tempo máximo de prisão. Já o mínimo foi reduzido de seis meses para três meses.Esta nova lei traz medidas para proteger a mulher agredida como a a saída do agressor de casa, a proteção dos filhos e o direito de a mulher reaver seus bens e cancelar procurações feitas em nome do agressor. Além disso, se for constatada a necessidade de manutenção de sua integridade física ou psicológica, a mulher pode também ficar até seis meses afastada do trabalho sem perder o emprego.

Existem apenas 365 delegacias da mulher para atender os 5.565 municípios do país. Logo, será criado um juizado especial de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher.


Muitas mulheres ainda têm dificuldade em se dirigir a delegacia. O medo e a vergonha são emoções que vencem suas dores físicas. Contudo, ela precisa reunir forças e coragem e recorrer a justiça em sua defesa.

Confira o restante da minha matéria no site da Revista Pandora.

23 de set de 2009

Uma cidade suja

Dois anos sem cor
Após criações de leis que proibem outdoors a fretados, a realidade da cidade mostra que não é a solução



Você se lembra quando a Câmara Municipal de São Paulo aprovou o projeto de lei do prefeito Gilberto Kassab para probir outdoors em São Paulo?

Quarenta e seis vereadores estavam presentes no plenário quando a votação ocorreu. O único que votou contra o projeto foi o vereador Dalton Silvano (PSDB).

Há dois anos, São Paulo foi "limpa" de outdoors e painéis luminosos. A distribuição de panfletos, a publicidade em táxis e a exposição de material publicitário em bicicletas, carroças e aviões também foram proibidas. Propagandas eleitorais continuam a ser permitidas de acordo com a lei federal, exceto em muros.
Um dos motivos para a criação da lei foram os 4.500 anúncios regulares na cidade contra os 15 mil irregulares. A arrecadação anual de impostos era de apenas R$ 3 milhões. O prefeito Kassab considerava uma receita baixa que podia se abrir mão para ter uma cidade mais bonita.

Uma economia precária de um país subdesenvolvido simplesmente "abriu mão" de R$ 3 milhões e aproximadamente 200 empresas e 20 mil empregos.

Após dois anos e meio da Lei, o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab decidiu liberar propaganda em abrigos para pontos de ônibus e triplicar o número de relógios de rua.

A alternativa dos publicitários foi migrar para outras mídias como rádio, TV e jornais para anunciarem seus produtos. Hoje, até caixa de pizza virou espaço para propaganda.

Enquanto o prefeito se tranca em seu escritório em busca de inspirações de novas leis - além da lei seca, anti-fumo e a que restringe os fretados - a poluição atmosférica de São Paulo mata oito pessoas por dia, as enchentes causam em média 11 pontos de alagamento e vários desabrigados, o trânsito bate recorde a toda hora, a violência aumenta e leva vidas inocentes todos os dias.


Mas está tudo bem. A cidade está mais bonita. É isso que importa, não é?



Confira o especial sobre leis paulistas no site da Revista Pandora.

20 de set de 2009

O movimento e a moda punk

Nas décadas de 1980 e 1990, havia uma moda que refletia o mal comportamento dos punks.


A cultura punk tem príncipios de “faça você mesmo” e possui um grande interesse pela aparência agressiva e simples. Seu sarcasmo niilista e a subversão da cultura são presentes na música, nas artes plásticas, no cinema, na poesia e na moda; uma prova que não foi só o movimento dos hippies e Woodstock nas décadas de 60 que influenciaram e inspiraram a cultura da moda atual.

As roupas se associam sempre a ideologias políticas consolidadas e até elementos de outras culturas que em determinados momentos dividiam mesmo espaço com o punk. Apesar do contraste das cores, para os membros dos diversos grupos do movimento é fundamental combinar elementos tradicionais depara identificar e específicar o grupo a ideologia que perteciam. Caso haja algum desentendimento entre as combinações, pode causar desprezo, ridicularização ou hostilidade e até furto de peças e agressão para os mais violentos.

O estilo desleixado dos lenços no pescoço ou à mostra no bolso traseiro da calça, calças jeans rasgadas, calças pretas justas, bondage pants (calças xadrez com vários zípers nas pernas), bottons de bandas punk e de protesto, jaquetas de couro com rebites e mensagens inscritas nas costas, coturnos, tênis converse, correntes, corte de cabelo moicano, colorido ou espetado, foi popularizado e caiu no gosto de muitas pessoas.

18 de set de 2009

Londres passo a passo

A capital do Reino Unido, a 9.289 km de São Paulo, não tem baixa temporada. Considerada uma das cidades mais caras da Europa, é também descolada, tradicional e instigante.

Confira abaixo o roteiro da Revista Pandora para não deixar de curtir a cidade por nenhum minuto.

praça que celebra a vitória da Marinha Real Britânica na Batalha de Trafalgar de 1805 durante as Guerras Napoleônicas. Em seu centro, há uma coluna com a estátua do almirante Nelson em sua homenagem.


Antes de embarcar



Se ainda não tem passaporte, é o primeiro passo.

O requerimento para emitir o documento é feito apenas pelo site da Polícia Federal (http://www.dpf.gov.br). Após o pagamento da taxa, agende o dia, horário e local do atendimento.

Compre uma mala de qualidade com 4 rodinhas giratórias. O tamanho ideal é médio ou grande. Não esqueça de colocar identificiação com nome, endereço e contato.

Câmera digital de bateria recarregável e filmadora são itens indispensáveis.

No site www.booking.com é possível fazer reserva on-line de hotéis de todas as classificações e distâncias e você pode fazer a conversão do preço em outras moedas, além do real e da libra. Mais em conta do que um hotel, são os Bed&Breakfast, parecidos com as pousadas brasileiras. Acesse http://www.bedandbreakfast.com/.


Cuidado com o pacote que a agência lhe oferecer. Escolha um hotel que tenha serviço de transfer. Do aeroporto de Heathrow até o centro de Londres, uma corrida de táxi chega a custar R$200. O metrô custa £4, mas após 12 horas de voo e com sua bagagem, não é uma boa escolha. Uma alternativa é o trem Heathrow Express que vai até a estação Paddington, no centro de Londres. O percurso dura 15 minutos e o bilhete para ida e volta sai por £28.

O seguro de assistência médica que permite o atendimento em hospitais e clínicas além de obrigatório é extremamente importante para evitar problemas.

Adquira um cartão de crédito internacional com limite razoavelmente alto. O valor das despesas internacionais será apresentado em reais, de acordo com a cotação do dólar do dia da emissão da fatura.


Durante a viagem

O metrô de Londres, o The Tube, é o meio de transporte mais utilizado pelo ingleses, uma vez que é o maior sistema de metrô do mundo com 268 estações e 400 kilômetros de extensão.

Para entender como chegar a seu destino, tenha em mãos sempre um mapa. Londres como São Paulo é dividida em Zonas. São seis no total, mas as agitações da cidade se concentram na Zona 1 principalmente, e na Zona 2. Os bilhetes variam de preço de acordo com o período (diário, semanal ou mensal) e com o número de zonas a serem cruzadas. Vale a pena comprar o Oyster Card, o Bilhete Único inglês, se permanecer mais do que quatro dias. Com ele você economiza £2,50 em cada viagem e pode carregar pela internet (www.tfl.co.uk). Além do mais, o Oyster permite viagens inclusive no DLR (Docklands Light Railway), um metrô moderno de superfície que serve o East Wend e vai até Greenwich.

As estações de trem estão espalhadas pela cidade uma delas é a King Cross eternizada nos livros do Harry Potter que agora possui uma Estação 9 ¹/².

Viagens curtas a cidades próximas como Cambridge e Oxford duram cerca de uma hora. Pelo Canal da Mancha, o Eurostar leva 2h15 em uma viagem de Londres para Paris. A partir de R$179 no http://www.raileurope.com.br/.


Prepare seu bolso


O Palácio de Buckingham (£14) é o escritório e o lar da monarquia britânica, mas também recebe visitas de governantes de Estado. No palácio, trabalham aproximadamente 300 pessoas. A residência é aberta ao público de agosto a setembro das 9h30 às 17h30, diariamente. As valiosas posses da coleção de arte da Rainha podem ser vista na Queen's Gallery das 10 da manhã às 17h30. A mudança da Guarda Britânica (www.changing-the-guard.com) é realizada pontualmente às 11h30 com uma cerimônica militar musical. De abril a julho diariamente, de agosto a março acontece em dias alternados. Ingressos antecipados pelo site www.royal.gov.uk.

As estações de metrô próximas do Palácio de Buckingham são St. James Park e Victoria e os ônibus de números 2B, C1, 11, 16, 24, 25, 36, 38, 52, 73 e 135.

Ao final da tarde, fazer um piquenique no Hyde Park é um divertido clichê. Há aluguel de cadeiras por £1,50 cada. Em alguns dias é possível assistir a concertos ao livre.


Às margens do Rio Tâmisa


O relógio mais famoso do planeta, o Big Ben foi construído em 1858. As badaladas do sino de 14 toneladas são transmitidas pela BBC todos os dias. O London Eye (£13), a maior roda-gigante do mundo proporciona meia hora inesquecível de uma vista de todos os cartões-postais da cidade. Atravessando a ponte de Westminster, você chega ao Parlamento (www.parliament.uk), sede da câmara dos Lordes e dos Comuns. Todo outono a Rainha vai para lá abrir uma nova sessão parlamentar. A Abadia de Westminster (£10) de arquitetura medieval é uma ingreja metade museu onde acontecem casamentos de membros da Realeza, coroações de reis e sepultamento de alguns monarcas britânicos.

Chegue pela Estação Westminster.
Reserve uma tarde para compras. Descendo na estação Piccadilly Circus, a região é cheia de shopppings. Um deles se encontra atrás do London Pavillion.

A Piccadilly Arcade, uma galeria que também oferece ótimas lojas. Na direção do Soho a Oxford Street é a rua de todos os estilos, marcas e preços. A Primark tem peças de roupa de qualidade por até £10 que pode compensar o luxo do passeio: tomar um chá no Ritz Hotel servido de duas em duas horas, a partir das 11h30.
No dia seguinte, visite o top dos pontos turísticos preferidos: a Tower of London (£15) a Tower Bridge (£7.00). A estação de metrô mais próxima é a Tower Hill.

Um pouco mais afastado, pela estação St. Paul's, a tradição da St. Paul's Cathedral se liga a modernidade do Tate Modern pela Millenium Bridge.

Não deixe de tirar uma foto na Abbey Road, a rua de St. John's Wood que em 1969 ficou famosa pela capa do álbum dos Beatles de mesmo nome.

Há casas de famosas personalidades como Mozart, Virginia Woolf, Churchill, Charles Dickens, Sigmund Freud, entre outras, demarcadas com uma placa azul. A de Sherlock Holmes é aberta a visitação (£6). Já o lar de Lady Di por muitos anos foi o Palácio de Kensington (£11,50).

Você pode encontrar essas e outras figuras no Museu de Cera Madame Tussauds (£37). Pelo site www.madametussauds.com/London você pode reservar seus ingressos com antecedência.

No Soho, a Trafalgar Square (desça na estação de Charing Cross) é uma

A entrada em museus e galerias é franca em Londres. Contudo os visitantes que quiserem fazer uma doação simbólica são bem-vindos também. A National Gallery possui mais de 2300 obras desde o século XIII ao XIX.

Em Bloomsbury fica British Museum e o Museu de História Natural em Knighbridge, pertinho do charme de Notting Hill.

Comer em Londres é caro como quase tudo.

Para mais do que sete dias de estadia, economize comprando no supermercado Asda que possui produtos de marca própria às vezes 50% mais baratos do que de outras marcas. O Borough Market (estação London Bridge) é o Mercadão londrino. Não espere encontrar pechinchas, a variedade das comidas nos quiosques é mais requisitada do que preços baixos.



Nite

Os pubs são paradas obrigatórias em Londres. Peça um pint, uma caneca com 568ml da cerveja escura e forte da irlandesa Guinness. Se preferir, peça a lager, é semelhante ao chope claro brasileiro.

A maioria dos pubs fecha às 23h, mas isso não significa que a noite terminou. A discoteca Heaven vai até altas horas num gênero GLS, bem frequentado por héteros. Não se preocupe com o horário: algumas linhas noturnas de ônibus funcionam 24 horas.


Na saída do país, peça o formulário para reembolso de imposto, depois revele todas as suas fotos e programe-se para voltar a Londres. Vale a pena.

12 de set de 2009

Purpurina em cinzas

Vejo por aí a ilusão de que os gays são muito mais aceitos, muito mais queridos e tal. Aff, quanta hipocrisia, Brasil.
Eles estão mais estereotipados do que nunca, a linguagem deles está totalmente banalizada e existe um absurdo preconceito onipresente por aí. Vai, Brasil, acorda.

O homossexualismo é um tabu ainda. Ou você nunca deu ou viu olhares tortos, aquelas risadinhas e comentários aos sussurros?

E acredite, gays morrem até hoje por simplesmente serem gays enquanto criminosos estão vivendo livremente por aí. No sul do país, não lembro quando, em um ano e um mês, 13 homossexuais morreram assassinados. Eu acho que falsamente aceitam e divulgam a homossexualidade em quantidade, mas sem valor e escondem a homofobia como se ela não existisse mais. Aí, dá mesmo a impressão que o mundo está mais aberto, mais respeitoso.

Quantos sabem que a Organização Mundial da Saúde retirou a homossexualidade da lista de doenças somente em 1993? Que a homofobia já foi classificada como crime em algumas leis estaduais, mas não ainda na legislação nacional e por isso o ministro do Meio Ambiente Carlos Minc pediu a criação de uma lei para tipificar a prática da homofobia como crime? O que realmente significa a bandeira gay?

Para quem não sabe, ela foi desenhada na década de 70, acho que foi em 76, 77 por um artista plástico chamado, Gilbert Baker. Ela representa a diversidade sexual e suas cores também possuem um significado. O roxo representa vida; laranja, coração; amarelo, sol; verde, natureza; azul anil, harmonia e violeta, espírito. Rosa e turquesa, tiraram porque não cabia, eu acho, e representavam, sexo e arte.

Falam de gay e nem entendem nada sobre eles. Falam de seus símbolos e não sabem o que quer dizer. Só para dizer "Oi, somos liberais!"
A nossa cultura vai levar mais uns bons anos (se não séculos) para deixar de ser libertina e ser respeitosa com as diferenças.


Se encararmos a realidade como natural, não seguramos impressões e exclamações absurdas. A TV faz de propósito, ama causar, gerar polêmica. Divulga que terá "o primeiro casal gay, o primeiro beijo gay da televisão, blá blá blá". Isso é sensacionalismo puro! Super ridículo. A luta contra o preconceito ficou desgastada.

Não permitem que façam isso com vocês. Purpurinem e glamourizem, mas reinvidiquem.

11 de set de 2009

O jornalista como vontade e representação

Enquanto não tenho inspirações para postar aqui no blog, vou fazer uma chamada para o especial da Revista Pandora com entrevistas de Alberto Tamer, Rafael Cortez e José Salvador Faro.

Uma prévia:



O jornalista como vontade e representação
As teorias metafísicas do passado, presente e futuro da profissão

Em decorrência dos últimos fatos que apunhalaram o jornalismo - que indiretamente interferem nos interesses da sociedade - a Revista Pandora fez um especial exclusivo com três entrevistados cujas experiências e/ou ideias representam o passado, o presente e o futuro do jornalismo.

O futuro do jornalismo é também o futuro da sociedade. O profissional se compromete a defender os interesses públicos. São procuras pela verdade, rejeições às mentiras. O jornalista é o quarto poder: ele pode estar onde o povo não pode, ele diz aquilo que silencia inocentes, ele luta contra as armas indestrutíveis das autoridades.

Como Clóvis Rossi define: "Jornalismo, independentemente de qualquer definição acadêmica, é uma fascinante batalha pela conquista das mentes e corações de seus alvos: leitores, telespectadores ou ouvintes. Uma batalha geralmente sutil e que usa uma arma de aparência extremamente inofensiva: a palavra, acrescida, no caso da televisão, de imagens. Entrar no universo do jornalismo significa ver essa batalha por dentro, desvendar o mito da objetividade, saber quais são as fontes, discutir a liberdade de imprensa no Brasil."



(*) O título desta matéria foi inspirado no livro "O Mundo como Vontade e Representação" de Arthur Schopenhauer.

22 de ago de 2009

A Vila dos Esquecidos

Todo mundo teme a solidão. Ela conforta. Ela enlouquece. Mas o medo real , o mais oculto de todos, é ficarmos sozinhos, apenas nós mesmos. Ninguém confessa. Ninguém suporta. Ninguém sabe lidar com isso. Ninguém sobreviveria sem uma pessoa ao seu lado. É como a natureza funciona.


Da mesma forma que a violeta no seu jardim precisa da luminosidade do sol para fazer a fotossíntese, da mesma forma que as árvores transformam gás garbônico em oxigênio durante o dia que necessitamos respirar.
Se bem que nós humanos derrubamos muitas delas, e nos auto-destruimos, nos suicidamos. Também plantamos sementes para outras nascerem um dia, colhemos frutos, regamos flores. Nós somos a natureza, um organismo vivo, interligados um ao outro, incluvise a animais como pássaros, gatos, hamets, cachorros. É uma cadeia emocional.


Você segura uma novidade dentro de si por muito tempo ou já a liberta a parentes e amigos próximos de uma vez? Consegue sufocar uma angústica pesada por muito tempo antes de enlouquecer?
Criar um mundo só com suas próprias ideias sem dividi-las com ninguém? Consegue morrer sem compartilhar os melhores momentos da vida com alguém? Ou sua vida é um capítulo resumido e insignificante na História?
Nós não guardamos o mundo que criamos só para nós. Nem os egoístas. Nós espalhamos por aí, deixamos nossa marca visível ou invisível, nosso rastro, A solidão faz parte do organismo vivo que são as relações interpessoais.
Você simplesmente precisa de outra pessoa. Você precisa dela para sobreviver, mas não depende dela para viver.
Por muito tempo eu fiquei realmente sozinha numa multidão sem face. Eu habitei solitariamente a Vila dos Esquecidos. Mesmo lá, os inconsequentes encontraram ponderação. Os irresponsáveis encontraram seriedade. Os loucos seu juízo, os pecadores sua redenção. Os instáveis seu equilíbrio, os ignorantes sua existência, os virgens sua culpa, os solitários sua solução enquanto em meu caminho eu só encontrava o nada. Até que um dia, no fim do mundo, eu encontrei a mim mesma.

7 de ago de 2009

Filme sobre Coco Chanel estréia em outubro

A atriz francesa, Audrey Tautou ( “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain” e “Código da Vinci”), interpreta um dos maiores ícones da moda mundial, Coco Chanel, em “Coco antes de Chanel” de Anne Fontaine. A estréia está prevista para dia 30 de outubro nos cinemas brasileiros.




O filme irá abordar a vida da estilista auto-ditada antes do sucesso, o qual se reflete até os dias de hoje e ainda dita moda no mundo inteiro. A produção do filme teve acesso livre aos arquivos da grife e inclusive a um terno e um colar que pertenceram a estilista. A figurinista, Catherine Leterrier foi responsável para recriar fielmente as outras peças de seu guarda-roupa.



Gabrielle Bonheur Chanel, conhecida como Coco Chanel, veio de uma família com mais quatro irmãos de origem humilde. Seu pai, Albert Chanel, era caixeiro-viajante e sua mãe, Jeanne Devolle, era emprega doméstica.

 
Após a morte de sua mãe e devido a profissão que seu pai possuía, Coco foi parar num colégio interno com suas irmãs, enquanto seus irmãos foram trabalhar. Quando ela saiu do colégio, fez vários testes em peças de teatro e também como bailarina.

Certo tempo depois, em 1910, ela se apaixonou por Arthur Boyle, um milionário inglês. Ele a ajudou a abrir sua primeira loja de chapéus que logo tornou-se um sucesso, chamando a atenção de revistas de moda em vários países.

Coco foi a primeira a criar calças femininas e a ver o tubinho preto como obrigação nos armários femininos.


Sua fama não tardou e grandes atrizes de Hollywood começaram a se vestir com a sua marca. Além de suas criações de alta-costura, Coco desenvolveu sua marca de perfumes, como o lendário Chanel nº5 de 1921.

Após a Segunda Guerra Mundial, quando Coco teve um relacionamento amoroso com um militar alemão, os franceses deixaram de frequentar sua casa e com isso Chanel entrou em crise financeira.

Ela mudou-se para a Suíça e começou a vender sua marca para o outro lado do oceano para conseguir se manter. Mas em 1954, Coco retornou a Paris, renascendo com o cárdigã, o vestido preto, as pérolas e outros acessórios como bolsas e sapatos que se tornaram seu carro chefe.


Em 1971, aos 87 anos, ela faleceu em sua residência por anos, o Hotel Ritz. Milhares de pessoas usando trajes de sua marca como homenagem, assistiram ao funeral.


 Este artigo foi originalmente publicado para o site www.FatorEstilo.com

5 de ago de 2009

A verdade da gripe suína

Pandemia ou Hipocondria?
A realidade atrás dos holofotes da gripe suína

O mundo mudou depois do surto da gripe suína este ano. Telejornais, rádios, sites informativos não param de falar sobre isso e de novos casos. A nova gripe está aterrorizando milhares de pessoas em todos os países em plenas férias de julho.


A mídia com redundância no assunto também está aterrorizando e manipulando.



O vírus da gripe A (como também é chamada) e seus subtipos (H1N1, H1N2, H3N2 e H2N3), infectam normalmente os porcos da região centro-oeste dos Estados Unidos da América, do México, Canadá, América do Sul, Europa, do Quénia, da China continental, de Taiwan, do Japão e de outras partes da Ásia oriental.


O vírus é transmitido de pessoa para pessoa. Logo, para precaver-se o certo é lavar as mãos, evitar o contato das mãos com os olhos, nariz e boca depois de tocar em superfícies e objetos.


O perído de transmissão ocorre 5 dias depois do início dos sintomas. Se isto ocorrer, a pessoa deve evitar sair de casa.


Os sintomas apresentados são semelhantes aos da gripe comum. Entre eles estão os calafrios, febre, garganta dolorida, dores musculares, dor de cabeça forte, tosse, fraqueza, desconforto geral e em alguns casos até náusea, vômito e diarréia.



Segundo a Organização Mundial da Saúde, a OMS, os medicamentos antiviral eficazes contra o vírus são o oseltamivir e zanamivi.


O Instituto Butantan (SP) está colaborando com a OMS para produzir uma vacina contra a gripe. Karl Nicholson, da Universidade de Leicester no Reino Unido alega que "se o vírus evoluir para uma pandemia, a primeira onda vai chegar e irá embora antes que uma vacina tenha sido produzida."



Mas você já pensou o quanto é estranho essa gripe ter tanta repercussão assim? O quanto as pessoas estão realmente assustadas e até neuróticas?



Mesmo que alarmem ser uma pandemia, a gripe espanhola, uma peste negra do século XX que deixou cerca de 40 milhões de mortos no mundo nos anos de 1918 e 1919, está longe de ser comparada a gripe suína como tantos fazem.



Existem milhares de doenças e muito mais graves do que a gripe suína. A cada ano por exemplo, a malária mata 3 milhões de pessoas por ano. Esse número é comparado apenas com o da AIDS que mata dois milhões de pessoas por ano. O planeta possui mais de 33 milhões de portadores do vírus HIV.


Porém, existem poucas precauções contra o mosquito da malária e outras poucas pessoas não usam camisinha no ato sexual, por exemplo. Não, elas não ficam neuróticas nem assustadas com os números agressivos de mortes. O governo e os noticiários também fazem descaso com essas milhares de vidas perdidas todo ano por não apresentarem um projeto de prevenção e não divulgarem os fatos. Mais uma vez, não cumprem o seu dever corretamente.



A gripe comum leva 500 mil vidas embora. Afeta mundialmente entre 57.000 e 96.000 pessoas por semana, com entre 4.800 e 9.600 casos fatais.



Aproximadamente 90% das mortes provocadas por doenças infecciosas se devem a seis infecções, segundo a OMS:



A pneumonia que mata quase 100 pessoas por mês em Pernambuco. No Brasil inteiro, são mais de 40 mil por ano. De 20% a 40% destes doentes precisam ficar hospitalizados, sendo que de 5% a 30% de quem vai para hospitais precisa de internação em unidades de terapia intensiva (UTIs). A pneumonia é a primeira causa de óbito por doenças pulmonares e infecciosas.


A diarréia que é a terceira maior causa de mortes entre crianças de 0 a 5 anos. Na África, por exemplo, ela mata por ano 700 mil pessoas


O sarampo que causa 900.000 mortes por ano.


A malária e Aids que afetam principalmente os países pobres


A tuberculose que mata 1,5 milhão de pessoas por ano e dos 9,27 milhões de casos detectados, mais de meio milhão são casos resistentes aos antibióticos.



Existem tantas outras centenas de doenças com cuidados neglengiciados tanto pelo governo quanto por empresas farmacêuticas e suas pesquisas científicas.



A Doença de Chagas é causada pelo Trypanosoma cruzi, um parasita transmitido aos humanos e a outros mamíferos por insetos hematófagos, por transfusão de sangue contaminado, ou de mãe para filho, na gravidez. A doença ameaça um quarto da população da América Latina.


A Doença do sono, causada por dois protozoários, é a infecção transmitida pelas moscas tsé-tsé, que se reproduzem em áreas pantanosas. Em 1999, 45 mil casos foram reportados à Organização Mundial de Saúde (OMS), o número pode chegar a 500 mil.


A Leishmaniose está concentrada no Brasil, Bolívia e Peru em 90% de todos os casos mundiais. Os três tipos da doença são causados pelo Leishmania, um parasita microscópico transmitido pela picada de mosquitos.



O porquinho está tendo seus 15 minutos de fama. Por trás de seus holofotes, há um pano cobrindo o genocídio que ainda ocorre no Iraque e no Afeganistão. Além disso, há uma luz cega vindo de uma das verdadeiras causas da gripe. A empresa ianque Smithfield Foods causa uma enorme poluição em terras mexicanas que se espalha sobre todo o globo. Outro fato que não deve ser omitido é que as empresas farmacêuticas mais conceituadas como a Roche e a Relenza obtiveram significantes aumentos em seus lucros.A Roche triplicou as vendas do antiviral Tamiflú (ainda sem comprovação de eficácia). Exportou mais de 20 milhões para a Ásia e o Reino Unido. Seu lucro no primeiro semestre chegou a US$ 3,8 bilhões. A Roche ainda anunciou que pretende elevar a produção do Tamiflu para 400 milhões de pacotes anuais a partir de 2010.


A empresa norte-americana Gilead Sciences é que possui a patente do Tamiflú. Um dos principais acionistas da empresa é nada menos que Donald Rumsfeld, que foi secretário da defesa de George Bush durante a guerra contra o Iraque.



Se realmente fosse uma calamidade pública, uma crise, um grande câncer na saúde mundial, o certo não seria distribuir gratuitamente medicamentos e máscaras?



A pandemia da gripe suína dá lugar a manipulação de novos hipocondríacos. O capitalismo mais uma vez vence. Não existe conceito de saúde, de prevenção, de compaixão, de solução, de cura. Há apenas o conceito de lucro.
 
 
 
Publicado originalmente para http://www.revistapandora.net/

12 de jun de 2009

Indisponível?

Um post especial do Dia dos Namorados!
Se você taí, se lamentando, se achando a encalhada, amiga, não é sua culpa!
E Sabe por que? Os caras mais legais e bonitos não estão disponíveis.

Fica a dica abaixo:


Paul Newman, ator do cinema clássico, era lindo e tudo o mais. Mas ele morreu... T.T
Logo, como é que ele vai te seguir no twitter?
Peter Facinelli: Casado.

Mesmo se eu achasse o Sérgio Marone bonito, ele ia ser gay.

Lembra daquele bonitinho do "Meninas Malvadas"? Então, esqueça: Gay.



Taylor Hanson: Casado. Marlon Brando já foi o cara mais bonito do mundo... quando estava vivo.






Rodrigo Hilbert: Casado. Rey: Todo mundo sabe... GAY!




Heath Ledger: morreu.




George Peppard é quem fez o escritor em " Bonequinha de Luxo" com a Audrey Hepburn, minha diva. Lindo, mas... ele morreu.







Chris O'Donnell: Casado.








Hugh Jackman : Casado.













Paul Rudd: Casado.






Tom Welling: Casado.




Colin Firth: Casado.




Brandon Flowers: Casado.






Sabe aquele cara LINDO que faz o marido do Kevin em Brothers&Sisters? Gay na vida real também. MIMIMI









Animem-se! Existem mais uns bilhões de caras, na China então... Imagina?
E outra, dia dos namorados é só dia 12 de junho... os outros 364 são seus! xD


6 de jun de 2009

Mães da Sé

Desaparecidos ou esquecidos?


Ivanise. Este era o nome da mulher a nossa frente que daria uma palestra. O assunto? Ninguém fazia ideia. A maioria das pessoas queria descer para aquela festa medíocre repleta de gente bêbada e chapada. Tão transparente quanto essa vontade daqueles, Ivanise disse que seria breve.
Assim, ela começou a contar sobre a Mães da Sé, Associação Brasileira de Busca e Defesa a Crianças Desaparecidas (ABCD), uma entidade sem fins lucrativos, que congrega familiares e amigos de pessoas desaparecidas, na qual era ela a presidente. Em pouco mais de 7 anos de existência, a Mães da Sé já cadastrou mais de 5.000 casos de pessoas desaparecidas em todo o país. Aproximadamente 15% foram solucionados. Contudo, são mais de 200 mil casos por ano no Brasil. As mais frequentes causas por trás dos desaparecimentos são fugas de crianças e adolescentes que vivem algum conflito familiar, abandono material ou violência; crianças que se perdem (algumas são encaminhadas a abrigos). Algumas somem enquanto brincam em frente de sua própria casa. O perfil mais comum nos registros é o de menores de origem pobre, pele clara e muito bem afeiçoados, mas sem uma faixa etária definida.
O destino mais longe das que fogem de casa é Santos. Contudo, a maioria parece evapovar do mapa, não deixa nenhum rastro se quer. Elas tanto podem ser aquela que lhe pediu um real no trânsito como a próxima da fila no tráfico de pessoas para a Europa e Ásia, principalmente. Além do mais, existe ligação com o tráfico de órgãos, de drogas e também à adoção ilegal e à exploração sexual.
Quando a novela Explode Coração foi ao ar, essa situação brasileira veio a tona. "Na época, houve grande divulgação. Hoje em dia, não mais. Com o tempo as pessoas se esquecem. Mas o problema continua existindo."
Um silêncio e atenção absolutos esparramou-se pela sala. Nunca haviam-se deparado a fundo com a essa realidade, ou melhor, mundo paralelo. Um mundo que existe deveras, mas que víamos como um cenário gasto na cidade.
Ivanise nos perguntou: "Vocês olham mesmo para as fotos?". Claro que não olhamos! É algo superficial. Ela revelou que há treze anos ela não sabia o que era comemorar Natal, Ano Novo, etc. pois sua filha mais velha havia desaparecido. Mesmo tomando depressivos, ela não consegue se libertar. Da saudade constante? Da culpa inconsciente? Será que a dor chegaria a um fim? Até lá, ela morreria aos poucos, dolorosamente, todos os minutos de espera, todos os dias de esperança interminável. "Quantas vezes eu não abordei pessoas no metrô de costas, pensando que era minha filha!"
Ivanize já chegou a se sentir aliviada muitas vezes. Recebera antes telefonemas que haviam encontrado sua filha, mas eram trotes. Da última vez, sua filha estaria supostamente em Santa Catarina, com 24 anos, casada e com 3 filhos. Após a alegria de ser avó, veio a tristeza, Ivanise mal podia falar. "Minha filha adorava bolo de banana e lasanha." Há treze anos ela não sabia mais qual era o sabor.
O ser humano não tem limite. Ele não respeita os sentimentos alheios, a não ser o próprio.
As autoridades brasileiras fogem descaradamente de cumprir o seu papel. É previsto pela lei 11.259/06, que a cada novo caso registrado, a delegacia é obrigada a iniciar uma busca e acionar aeroportos, portos e terminais rodoviários. Se isso realmente acontecesse, a porcentagem dos casos de desaparecimento aumentaria significativamente. Segundo Ivanise, a polícia divulga que 80% dos casos são solucionados, mas no mundo real, são apenas 25%.
Todas as mães se perguntam a todo segundo: " Onde está meu filho? Se ele está vivo, por que não aparece? Se ele está morto, cadê o corpo?". Ainda emocionada, Inanise faz uma queixa: " Nós preparamos nossos filhos para nos enterrarem e não ao contrário."
A sala estava cheia. Cheia de pensamentos, dúvidas, reflexões, de desejos, de luta e mudança,
de esperanças. A caixa de pandora fora aberta e só será fechada quando a verdade transformar a realidade.

3 de jun de 2009

Furo: Vanessão está de volta!

A príncipio não parece, mas é ela sim.
Vanessão vive, mais feminina, mais diferente para despitar a polícia!

Comemorem! A nossa diva está VIVA! YaY!




21 de mai de 2009

Pecados Capitais

Faz um tempo que não faço um post (tosco) na mesma linha do "Os caras mais pegáveis" .
Então, ultimamente como estou lendo Sade para um trabalho de ética da faculdade, tenho que assistir a certos filmes no estilo "O Crime do Padre Amaro" (etc) o qual me inspirou a fazer mais um Top aqui.
Então, vamos ao post!


Sete Pecados Capitais.
Sete filmes.
E os sete padres mais divinos da história do cinema.

Para quem não acredita em Deus...
Agora vai acreditar. Foi Ele que criou o paraíso.
xD



7) Gary Oldman em "A Letra Escarlate"
Começando com os veteranos do cinema que um dia foram jovens e bonitos. Para quem já assistiu filmes de quando Gary Oldman era mais novo como " Dracula" sabe do que eu estou falando... quem não viu, fica a dica!


6) Mel Gibson em "Sinais"
Aqui no Brasil, o papel que Mel Gibson fez é considerado 'pastor'. Mas na verdade é de padre mesmo (ou no caso, ex-padre porque a mulher dele morreu). Porém não católico e sim protestante, por isso podia casar.





5) Edward Norton em "Tenha Fé"
Uma comédia romântica onde um padre (Edward Norton) e um rabino (Ben Stiller) apaixonam-se pela mesma mesma mulher (Jenna Elfman), que também é amiga dos dois.



4) Antonio Banderas em "O Corpo"
Durante uma expedição, uma arqueologista (Olivia Williams) encontra um corpo crucificado, cujo exames apontam que ele é do primeiro século antes de Cristo. Ao saber do corpo, o Vaticano envia um padre (Antonio Banderas) que tem por missão investigar se o corpo encontrado seria de Jesus Cristo, que viveu exatamente nesta época. A ameaça de que as suspeitas estejam corretas desestabiliza a Igreja Católica, que pode ter sua credibilidade de séculos arruinada, já que como Cristo ressuscitou não pode haver um corpo seu na Terra.



3) Heath Ledger em "Devorador de Pecados"
Que Deus o tenha.
Devido a um assasinato um padre é levado a uma misteriosa ordem secreta, que existe dentro da própria igreja. O filme é bem denso e demorado pelo o que eu me lembro. Tem que ter paciência até o final.




2) Gael Garcia Bernal em O Crime do Padre Amaro
Praticamente não tem quase nada a ver com o livro de Eça de Queirós. É uma versão mexicana apenas baseada na obra. Mas claro que vale a pena assistir.
O filme foi indicado ao Globo de Ouro como Melhor Filme Estrangeiro
E ah é, tem o Gael no elenco...
Pois é, ele quase ganhou, se não fosse por ele ( o padre Amaro) ter sido um egoísta e ainda sugerido para a Amelia o aborto.





1) Joaquin Phoenix em "Os Contos Proibidos de Marquês de Sade"
O Abade desempatou com o Padre Amaro em um quesito. O Joaquin pode não ser o mais maravilhoso do top, mas o seu papel como o padre do Sheraton, hospício onde ficou Marquês de Sade, o fez merecer. Além de aguentar todos aqueles loucos, o Bouchon, o próprio Sade; aguentar no seu peito um amor pela Madeleine foi um um fofo até ele enlouquecer


















19 de mai de 2009

Os clássicos do YouTube

O Youtube mudou o mundo e as nossas vidas.

É muito melhor do que TV, a gente pode escolher o que quer ver. As coisas não são despejadas na nossa mente.
Agora nada mais passa em branco pela história. E além do mais, dá para ver e rever quando e quantas vezes a gente quiser.
A gente tá tão acostumado com isso que nem percebe o impacto que Youtube causa/causou.
Mas eu vim aqui não para filosofar e falar da evolução tecnológica ou banalização dela...
Apesar do YouTube ser uma ferramenta recente, já podemos dizer que existe o Oscar do YouTube, os melhores, os clássicos.
São vídeos obrigatórios para qualquer um que seja tanto um nerd virtual que passa a noite em claro na internet quanto àqueles que mal checam o e-mail uma vez por semana.
Então, eu fiz um top dos mais engraçados. Para quem nunca viu, fica a dica!


5º - The Original Cockroach vs. Weatherman - O Homem do Tempo. Eu disse homem? Ham...



4º - Libero Sim - Uma paródia High School Musical...



3º - Ken Lee, Bulgarian Idol - Susan Boyle? Who?! Essa sim que arrasa.




2º - Stephany - A Britney Spears do Nordeste. É timais!



1º - Vanessão - Esse merecia o primeiro lugar! O vídeo que fez Vanessão ser o travesti mais famoso e adorado do Brasil. Que Deus o/a tenha!





Em breve, mais posts dos Tops do YT!

18 de mai de 2009

REVISTA PANDORA



A Revista Pandora é uma revista quinzenal, laboratorial e eletrônica que existe desde 2007.

Ela tem maior facilidade de acesso por ser on-line e ainda com isso, é uma janela para o portifolio dos participantes. As matérias sempre buscam a verdade atrás dos bastidores, sempre vão onde ninguém foi ainda, enxergam o que ninguém percebeu, sendo sempre polêmica por ser comprometida com os direitos da sociedade.
Um jornalismo alternativo e crítico que visa não só a informação, mas também a reflexão dos acontecimentos da realidade.


No dia 1º de junho de 2009, ela sairá do papel e terá sua primeira edição com o tema Novidades. Todas as editorias falarão sobre algo novo como por exemplo nova lei, nova peça de teatro, nova ponte, etc.


Se você é jornalista ou pseudo-jornalista e quer participar como fixo ou freelancer, mande um e-mail para





Não precisa pagar nada, é só ter responsabilidade e comprometimento!





Tudo o que você sempre quis saber

17 de mai de 2009

My Shadow ao vivo pela primeira vez

Keane tocou pela primera vez ao vivo "My Shadow", a música bônus da versão japonesa de Perferct Symmetry.
Se você quer surtar junto, assista ao vídeo da apresentação do dia 15 de maio na terra do Tio Sam no St. Paul Minnesota Myth Nightclub.






OBS.: Minhas amigas groupies do FC fizeram um cartaz ao meu pedido escrito " Please Play My Shadow" o qual eu levei a passagem de som. Lá, ainda pedi para eles tocarem, mas Tom disse que estava aquecendo sua voz e não poderia abusar dela. Beth me contou que era sua canção preferida também.
Além disso, Tom autografou meu cartaz do nada e em BH, na música que entreguei para ele havia mais um pedido - implorando - que tocassem My Shadow algum dia. Parece que funcionou. Mas ERA PARA TOCAR PARA MIM!
HAHAHAH. Droga.

Visitem www.keane.com.br para mais notícias!

16 de mai de 2009

Tecnologia, pirataria e Rock'n Roll


Tecnologia, pirataria e Rock'n Roll
As contribuições e os males da internet na música

Muitas pessoas sonham em subir aos palcos, ouvir multidões aplaudindo, pisar num carpete vermelho, entrevistas a revistas, ser perseguido por groupies e paparazzi, assédio dos fãs e até com o cansaço nas mãos de dar autógrafos, além de dinheiro, fama, sucesso. Poucos sabem que é um sonho que pode ser realizado e ainda com a ajuda do desenvolvimento da internet.
Diversas bandas independentes buscam alternativas como o Pocket BDG, uma ferramenta gratuita que ajuda a divulgar músicas em qualquer site da internet e o Youtube, onde inclusive se divulgam vídeos.Nos tempos atuais, os músicos ficam conhecidos primeiro na internet como é o caso do quarteto de Wendy and The Lost Boys. Os jovens integrantes, Samantha, Eric, Ricardo e Benjamin colocaram seu trabalho no site do My Space.com numa tarde chuvosa de domingo. "Nossas músicas e clipes são acessados diariamente por mais de 450 usuários. Não demorou muito tempo para sermos descobertos por um produtor da Universal Music", conta o baixista da banda, Eric, de apenas 17 anos. Atualmente, eles estão no estúdio gravando seu primeiro álbum previsto para chegar às lojas em julho.
Mas, para quem ainda não tem conjunto formado, há sites como o Brasil Music Express.com, onde é possível enviar e encontrar anúncios de bandas que procuram músicos e músicos que procuram bandas. O Orkut, o maior site de relacionamento da web, possui uma comunidade chamada "Um Dia Eu Vou Ter Uma Banda" com mais de 23 mil membros, que se tornou responsável por muitos novatos.
A internet foi um dos instrumentos pelos quais a tecnologia conseguiu progredir tanto. Hoje, ela é o novo patrocínio no mercado musical. Mas anda prejudicando os veteranos. A venda de CDs caiu 50% com a chegada do MP3 Player, que facilita o acesso de troca digital de músicas através por programas específicos.
A divulgação da internet passa por cima das rádios e das lojas. Primeiramente, porque chega antes do que em qualquer outra mídia e segundo, porque você não paga para ouvir e ainda é possível gravar em um CD-R, que custa em média apenas um real.

Já um CD original chega a custar por volta de R$ 35. Todavia, não deixa os músicos ricos como a maioria acredita. Por venda unitária, o artista recebe por volta de 10 centavos. As gravadoras, defendendo-se, dizem que o preço envolve os custos da produção musical e do encarte.
A economia brasileira deficitária, portanto, acaba abraçando um crime: a pirataria. Devido à atual situação financeira, os consumidores ficam encurralados e a saída são os downloads de músicas por algum programa especifico ou o camelô da esquina. Em qualquer camelô, um CD é comprado por mais ou menos cinco reais, ou seja, 14% do custo de um original.

Não apenas CDs são copiados e vendidos ilegalmente, mas também DVDs, softwares, livros, remédios, roupas, calçados, relógios, bolsas, brinquedos, perfumes. Existe ainda o tráfico ilegal de animais e/ou recursos biológicos chamados de biopirataria.

A pirataria já virou uma epidemia. Está inserida na sociedade. "O povo não percebe a ligação com o crime.", comenta Natasha Rugby, jornalista especializada em música. "Ainda mais que a sociedade não possui um bem-comum. Só se preocupa com seu bolso, só enxerga os próprios interesses. Enquanto isso acontecer, não só a pirataria existirá, mas a carência em transportes, saúde, educação e por aí vai.", lamenta.
A justificativa da existência e da persistência da pirataria não é o preço alto. É o sistema como um todo. Quem vende produtos ilegais está cometendo um crime. Quem compra também, está sendo cúmplice, financiando não só a pirataria, mas todo o caminho criminoso que ela percorre. "Não dá para saber quem é mais criminoso: o vendedor, o consumidor ou o governo e a polícia.",
Natasha critica com uma postura firme.


"O governo possui taxas abusivas de impostos sobre os CDs (sobre tudo), não há uma legislação séria que puna os infratores e há uma falta de vergonha na cara da polícia que não fiscaliza direito e/ou coopera com esse e muitos outros crimes. Nós, cidadãos, temos o direito de exigir e nos mobilizar para que isso mude. Mas não adianta cobrar nada de ninguém se nós mesmos não nos conscientizarmos que estamos prejudicando não só os artistas com a pirataria, mas a nós mesmos. Os artistas e os consumidores deveriam se unir e se mobilizar, apoiando uma guerra contra as gravadoras gananciosas e os piratas."
Blog Widget by LinkWithin